Meio&Mensagem
Publicidade

Coisas de gente: política, sexo, comida e morte

Relações mais líquidas e um intenso debate sobre como entendemos e mudamos os paradigmas pautaram as palestras que escolhi ver


12 de março de 2018 - 12h50

(Crédito: divulgação)

Mais um dia em Austin e a vontade de ficar mais só aumenta. Em tempo de incertezas políticas, relações mais líquidas e um intenso debate sobre como entendemos e mudamos os paradigmas pautaram as palestras que escolhi ver.

A forma como a mídia lida com os extremos e a necessidade de dar voz e espaço para um debate mais democrático e participativo foi a pauta da conversa entre Guy Kawasaki, o famoso evangelista que hoje está no Canva, e Symone Sanders, a comentarista política da CNN.

Em um debate marcado por aplausos e provocações sobre o futuro da política americana pós trump revelou que os processos democráticos precisam evoluir para dar voz a todos. Symone contou como tem sido sua experiência em debater com outros comentaristas que possuem visões diferentes da dela. Também reforçou a necessidade de usar ferramentas como o cadastro eletrônico para as eleições ou ferramentas que permitam acompanhar o desempenho dos congressistas. Apesar de ter sido um papo bastante focado nos EUA, as semelhanças sobre o papel de mídia e a falta de representatividade de minorias são muito semelhantes à nossa realidade. Espero que este tipo de discussão também esteja acontecendo entre os nossos veículos de comunicação e também os políticos brasileiros. Sim, ainda tenho algum otimismo!

Em uma palestra bastante mórbida para um sábado de manhã, Rebeca Blum, estrategista da Frog Design, trouxe à tona uma questão tão óbvia mas pouco abordada no desenvolvimento de plataformas: que acontece com nossa vida digital depois da morte?
Com exemplos que parecem ter saído de um episódio da série Black Mirror, Rebeca mostrou alguns projetos que prometem reencarnar a memória das pessoas depois que elas morrerem. Já pensou em conversar com seus avós sempre que sentir saudades? Um tanto assustador, mas possível em um futuro bem próximo.

(Crédito: divulgação)

Política e morte são dimensões do humano que não existiriam sem sexo, certo? O papo com Cristiane Amanpour abordou a experiência do sexo ao redor do mundo. A correspondente internacional da CNN anunciou sua nova série Sex&Love around the World, produção que vai contar como mulheres em todo o mundo lidam com o sexo e como isso afeta as relações de poder. Amanpour e a editora executiva da Recode, Kara Swisher, envolveram a plateia em um debate controverso sobre os desafios para mudar o paradigmas do papel da mulher em sociedades patriarcais. A pergunta que fica é como vamos avançar respeitando as diferenças culturais?

Continuo a jornada de mais um dia em terras texanas, equilibrando a experiência do SxSW com alguns momentos típicos de Austin. Como comer um churrasco tradicional em um bar regado a cerveja local e música country.

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • South by Southwest

  • SXSW

  • SXSW2018

  • SXSWnoMM

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”

Patrocínio