Publicidade

O Lado B do SXSW Music Conference & Festival

Todo mundo fala da quantidade de informação que tem no SXSW e, realmente, é assustador a quantidade de coisas que acontecem ao mesmo tempo


17 de março de 2016 - 9h39

É incrível como a cidade respira o festival. Chegando ontem e andando pela rua, um rapaz juntou umas latas e improvisou instrumentos de percussão. Eu como baterista nato, quase cheguei junto para tocar com ele.

Todo mundo fala da quantidade de informação que tem no SXSW e, realmente, é assustador a quantidade de coisas que acontecem ao mesmo tempo. Você olha a programação e diversas coisas estão acontecendo simultaneamente, seminários, palestras, shows, e você fica em uma confusão mental em o que escolher. Por isso é importante se preparar antes e chegar a Austin mais direcionado.

Mas ao mesmo tempo acaba acontecendo o não planejado, como o que aconteceu hoje comigo. Fui dar uma respirada entre uma palestra e outro no espaço que existe ao ar livre e, tomando uma cerveja, começou a tocar uma banda em um dos stands de música francesa. A banda chama-se Talisco, um som que mistura o rock com elementos eletrônicos. Nunca tinha ouvido falar dela e fiquei extremamente surpreso.

Vale conferir e viajar no som!

Serginho Rezende é diretor da Comando S Audio

Publicidade

Compartilhe

Patrocínio