Meio&Mensagem
Publicidade

Como deixar o bullshit fora da mala em festivais de inovação

Busca de investidores, networking, promoção e produção de conteúdo: a multiplicação de eventos impõe o desafio de definir propósito e objetivos

Luiz Gustavo Pacete
1 de março de 2019 - 10h00

Em 2019, o número de brasileiros deve bater novo recorde no SXSW, assim como no ano passado (Crédito: Reprodução)

SXSW, MWC, CES, Web Summit, C2 Montreal, Rio 2C, Path… A lista de eventos relacionados à inovação só cresce. No mundo ou no Brasil, a agenda para atualizar-se, sobretudo com temas relacionados ao equilíbrio entre a tecnologia e o comportamento humano, está cada vez mais apertada. Em meio a tantas possibilidades, destinos, sugestões, curadorias e eventos, como definir prioridades? Essa é a pergunta feita a todo momento por criativos, profissionais da área de transformação digital e marketing, publicitários e pessoas dispostas a acompanharem um mundo que se transforma de forma veloz.

Vanessa Mathias, cofundadora da agência de exploração de tendências White Rabbit, já participou de conferências no Brasil e no mundo e tem nesses eventos o insumo fundamental de seu trabalho. No ano passado, Vanessa foi a 14 festivais tirando de cada um deles subsídios para a produção de relatórios de tendências. “Na minha lista de 2019 estão eventos como SXSW, C2 Montreal, Rio2C, Path, Slush Shanghai e Web Summit”, afirma.

O MWC está no calendário da indústria mobile como momento de discutir tendências e lançamentos (Crédito: Sérgio Damasceno)

A pedido de Meio & Mensagem, Vanessa, que recentemente publicou o “Guia dos Melhores Festivais de Inovação do Mundo em 2019”, pontuou como definir prioridades, diferenciar conteúdo de qualidade de “armadilhas” ou “bullshit” e fazer da experiência algo útil do ponto de vista pessoal e profissional.

“O principal não é o conteúdo, mas a vibe que as pessoas vestem ao entrar em um festival: ligam a chave da busca do novo, de conhecer outras pessoas. Fiz mais negócios com pessoas que conheci no bar, na fila do banheiro do que efetivamente com o conteúdo da conferência”, afirma.

Ela ressalta que, entre os motivos que vêm acelerando a visibilidade de festivais de inovação estão “a necessidade de se antecipar em um universo de mudanças aceleradas e a quantidade de temas convergentes no cotidiano dos profissionais”.  Confira as dicas de Vanessa Mathias para escolher o festival de inovação mais apropriado:

O WebSummit, em Lisboa, reúne discussões importantes sobre inovação e o ecossistema digital (Crédito: Reprodução)

Procurar (e encontrar) o melhor evento
“Defina objetivos claros. Se você busca relacionamento com startups, por exemplo, e descobrir com quem fazer negócios, feiras como TechCrunch, ou da família do Web Summit (Collision, Rise) são ótimas. Se seu objetivo é identificar tendências, as que cruzam setores e são mais convergentes valem mais a pena (SXSW, The Next Web…). Agora se você quer ter acesso ao que não existe no Brasil, precisa saber a vocação do local onde você vai. Por exemplo, espero ver bastante de AI em Toronto, que é um hub no Canadá. Em Shangai eles são experts em RA e tudo sobre computer vision.”

Identificar pontos fracos e fortes
“Review na internet, falar com quem foi. Ele depende muito da experiência também: todos que vão ao C2 falam muito bem da experiência, enquanto o Web Summit é gigantesco, e portanto a quantidade de filas e a “personalização” do festival fica comprometida.”

Entre as maiores feiras de inovação do mundo, a CES já é mais focada em produtos (Crédito: Rafael Barreto)

Determinar o sucesso do festival
No primeiro ano é muito difícil, e decisivo para saber se um festival vai ganhar relevância. Vamos aos brasileiros, por exemplo. O Singularity Summit veio para o Brasil não só com a marca do Vale do Silício, mas com a execução da HSM, então claramente ia ser um sucesso no primeiro ano – e foi. Mas também admiro muito os festivais que saíram da vontade de uma ou duas pessoas físicas e começaram pequeno – o Path hoje já é consolidado e ganha cada vez mais seu espaço. O Hacktown foi uma ótima surpresa: souberam aproveitar a vocação da cidade tecnológica e construíram algo muito único. Porto Alegre está bombando com festivais muito legais: FT, FIC, Black Sheep, entre outros.

Guia dos Melhores Festivais de Inovação do Mundo em 2019 segundo a White Rabbit (Confira a lista completa AQUI)

CES
Las Vegas
8 a 11 de Janeiro
CES é a maior e mais reconhecida feira de tecnologia voltada para o mercado consumidor atualmente. O evento, que acontece todo início de ano, reúne as maiores e mais relevantes empresas e marcas de tecnologia, que apresentam aqui suas grandes novidades e lançamentos aos consumidores. Este ano o evento reuniu cerca de 4.500 empresas de tecnologia além de uma conferência com mais de 250 sessões e talks. A CES abrange uma grande quantidade de produtos e indústrias, apresentando novidades em vídeo e áudio, impressão 3D, inteligência artificial, realidade virtual e aumentada, drones, tecnologias vestíveis, carros autônomos e até as chamadas smart cities.
Site: https://www.ces.tech/

MWC

MOBILE WORLD CONGRESS
Barcelona
25 a 28 de fevereiro
O Mobile World Congress, antes voltado para o lançamento de novos produtos de telefonia e comunicação, hoje busca abranger todo tipo de tecnologia que envolva conectividade. Atualmente acompanhamos a crescente sensorização de todo tipo de objeto – casas, carros, roupas, ruas e fábricas tornam-se conectados – transmitindo informações sobre o mundo diretamente para a internet. Como consequência disso, o MWC explora o conceito da “internet de tudo” e como ela deve impactar cada uma das indústrias. As principais áreas de interesse da conferência são IoT, 5G, inteligência artificial, saúde, automotiva e fintech.
Site: https://www.mwcbarcelona.com

SXSW
Austin
8 a 17 de março
Queridinho dos criativos, inovadores, empreendedores e pessoas ousadas em geral, o festival South by Southwest toma a cidade de Austin em março. Dividindo seu conteúdo em três frentes ou tracks – Interactive, Film e Music – o SXSW reúne pessoas de todo mundo que se encontram ali para conhecer o que vem pela frente, trocar informações e viver novas experiências. No festival são apresentados em primeira mão filmes de grandes e pequenos cineastas, além de reunir artistas, fãs e profissionais da indústria musical. Na track Interactive são explorados temas relativos principalmente a inovação e tecnologia, sendo alguns dos tópicos presentes em 2019: blockchain, marketing, programação, design, saúde, empreendedorismo e startups, tecnologias emergentes, futuro do trabalho, varejo e indústria da tecnologia. Neste ano, a novidade é o festival chamado Comedy, que reúne talentos emergentes e estabelecidos da comédia. Acontece neste ano também, nos dias 15 a 17, o festival SXSW Gaming, voltado para fãs e criadores de games.
Site: https://www.sxsw.com

RIO2C
Rio de Janeiro
23 a 28 de abril
A Rio Creative Conference, ou Rio2C, é uma plataforma para debates, tendências e negócios relacionados ao segmento audiovisual. Em seus oito anos de existência, o evento reuniu profissionais de mídias digitais, broadcasting, mobile, programadores, publicitários, criadores de conteúdo e produtores. Em 2019, o Rio2C ocupa a Cidade das Artes, onde keynotes, palestras, mesas e pitches acontecem simultaneamente durante todos os dias da conferência. Dentro do tema Inovação, serão abordados assuntos como indústria financeira, alimentação, agricultura, mobilidade, negócios, saúde e entretenimento. Na frente de Criatividade serão exploradas as áreas de audiovisual, música, animação, games e editorial. Além disso, este ano foram criados três novos espaços de conteúdo, chamados Brain Space, Casa das Marcas e Casa Brasil. dos os dias da conferência. Dentro do tema Inovação, serão abordados assuntos como indústria financeira, alimentação, agricultura, mobilidade, negócios, saúde e entretenimento. Na frente de Criatividade serão exploradas as áreas de audiovisual, música, animação, games e editorial. Além disso, este ano foram criados três novos espaços de conteúdo, chamados Brain Space, Casa das Marcas e Casa Brasil.
Site: https://www.rio2c.com

FESTIVAL PATH
São Paulo
1 a 2 de junho
Em 2019, o festival Path muda de data e de endereço. Antes espalhado pelo bairro de Pinheiros, o festival se muda agora para a região da Avenida Paulista. Considerado o maior festival de inovação e criatividade do Brasil, o evento distribui suas palestras e atividades em diversos espaços da região, incentivando o público a conhecer e ocupar a cidade. As palestras e mesas falam sobre uma grande quantidade de temas sob uma perspectiva particularmente brasileira. Entre os temas em destaque estão inovação, tecnologia, diversidade, cannabis e música. Além das palestras, o evento conta com uma mostra cinematográfica, shows abertos ao público, feira de startups e workshops, fazendo do Path um hub para comunidade criativa de todo o país.
Site: https://www.festivalpath.com.br

HACKTOWN
Santa Rita do Sapucaí
7 de setembro
Se você acha que o Hack Town é só mais um festival de inovação no Brasil, você está enganadx. Todo ano, no feriado de 7 de Setembro, a pequena cidade em Minas Gerais recebe centenas de pessoas que vêm ao festival para ouvir sobre inovação, tecnologia, negócios e cultura. Não pense que a programação extensa do festival é seu único atrativo: a oportunidade de se reunir com uma grande comunidade criativa e inovadora em uma cidadezinha tranquila com direito a praça com coreto é imperdível. Mas não se engane, apesar de seu tamanho, Santa Rita abriga mais de 150 empresas de tecnologia e startups high-tech, sendo um importante centro de inovação tecnológica no país. Os ingressos costumam ser baratinhos, mas só começam a ser vendidos por volta de maio.
Site: https://hacktown.com.br/

YOUPIX COM
São Paulo
Data a ser definida
A YouPix Con é a principal conferência no brasil que reúne o ecossistema de creators e influenciadores digitais. O foco do evento é oferecer palestras e painéis sobre criação de conteúdo e comunicação digital
Site: https://youpix.com.br/

PIXEL SHOW
São Paulo
Data a ser definida
O festival que tem a duração de um fim de semana recebeu em 2018 mais de 60.000 visitantes. Focado em criatividade, os participantes podem participar de diversas atividades como talks, workshops, exposições, música, etc. As datas de 2019 ainda não foram confirmadas.
Site: https://pixelshow.co/

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • CES

  • Eventos

  • Festivais

  • HACK TOWN

  • inovacao

  • MWC

  • SXSW

  • Tendências

  • White Rabbit

  • YOUPIXCON

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”

Patrocínio

Mobile Partner