Meio&Mensagem
Publicidade

Rio, Texas

Entre um evento e outro aqui no SXSW, minha timeline brasileira me informa do assassinato da vereadora Marielle Franco


15 de março de 2018 - 11h42

Escrevo num fluxo atordoante de emoções. Entre um evento e outro aqui no SXSW, minha timeline brasileira me informa do assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL-RJ).

Marielle Franco (crédito: divulgação)

Não a conhecia até ler o primeiro relato de sua trágica execução. Aprendi que tinha 38 anos, que havia sido a 5ª vereadora mais votada da cidade do Rio de Janeiro em 2016, que voltava do evento “Jovens Negras Movendo as Estruturas”, quando foi interceptada por criminosos.

Marielle e o motorista morreram, uma assessora foi ferida com os estilhaços da bala.

Marielle presidia a Comissão da Mulher e havia sido nomeada relatora da Comissão que vai acompanhar a intervenção federal na segurança pública do Rio.

Em tuítes recentes, ela criticou a violência policial que parece ter sempre um destino: negros pobres (a regra de que falei em artigo ontem).

A polícia investiga…

Na segunda-feira, 12, uma explosão de duas bombas matou uma adolescente e deixou duas mulheres feridas aqui em Austin, Texas. Foi o segundo ataque do tipo neste mês.

As bombas foram deixadas em pacotes na casa das vítimas: todas pessoas negras. A polícia daqui suspeita de crime de ódio.

Rio, Austin, mundo. Não tem pra onde correr.

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • South by Southwest

  • SXSW

  • SXSW2018

  • SXSWnoMM

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”

Patrocínio