Publicidade

Ansiedade pré SXSW aguça seus sentidos

Ir para o SXSW é uma jornada individual, você tem que aprender sozinho


5 de março de 2018 - 12h22

Se você assim como eu, está naquele momento de ansiedade pré SXSW e espera encontrar neste texto uma estratégia para lidar com isso ou uma dica mágica para não perder nada por lá, já te adianto que ir para o SXSW é uma jornada individual. Você tem que aprender sozinho. E tirar deste momento o melhor, vai depender de você e só de você. Não adianta perguntar ao seu amigo que está todo dia com você, nem colar na programação alheia, por que os assuntos lá são de tanta diversidade e as vezes tanta profundidade que não há como compartilhar um mesmo caminho. É uma jornada pessoal e intransferível, apesar de você não ficar nunca sozinho.

Ontem comecei a planejar meus dias em Austin, as palestras que quero ver, e tem tanta coisa legal e com certeza eu vou perder algo! A lista de keynotes é incrível, de Bernie Sanders e Arnold Schwarzeneger a Susan Wojcicki, CEO do You Tube, além de vários líderes de empresas e assuntos que estão liderando o cenário mundial. Não quero perder nada. Mas sei que vou. É importante planejar seus dias e ter um plano B e C, por que o que mais acontece por lá é você ficar de fora daquela palestra que mais queria ver (mas às vezes você acaba entrando em uma mais legal!). Ë o que chamam de Fear of Missing Out (FOMO). Tem tanta coisa acontecendo o tempo todo que é certeza que você vai perder algo. Se você deixar, esse sentimento vai te acompanhar diariamente. O melhor é relaxar e aproveitar o momento.

Mas SXSW não é só sobre sobre palestras! Até por que a maioria das palestras fica disponível online depois e não é preciso ir até Austin para acessa-las. É sobre atitude, pessoas, propósito. Minha expectativa é passar uma semana comigo mesma, sair do pensamento multitask driven que São Paulo exige de uma mãe de 42 anos, que trabalha e ainda empreende, e deixar minha cabeça voar um pouco nas possibilidades que a vida oferece, revisando quem sabe até meu papel no mundo. É um lugar onde você consegue ver como as pessoas estão se virando, se inventando, se modificando, com criatividade, sustentabilidade, em comunidade e, exponencialmente! Se o SXSW tivesse um signo eu diria que ele é aquariano. Um signo mental, apaixonado por inovação, comunicação e livre de preconceitos. Nada do que se apresenta lá é egoísta, auto centrado, tudo é para todos, e para o mundo.

Essa será minha segunda vez no festival e ainda sou principiante. Da primeira vez, você demora um dia ou dois para entender o fluxo do evento e o quanto sua programação será furada, por encontros inesperados, salas cheias, mudanças no meio do caminho. O que posso te garantir é que todos os imprevistos valem a pena, inclusive ficar de fora de algo pode te proporcionar um momento que valerá a pena. Um pouquinho de ansiedade vai manter você ligado e aguçar seus sentidos para fazer da sua maratona SXSW mais divertida e rica para você.

(Crédito: divulgação)

Vá preparado para pegar filas. Lá todo mundo é igual, não existe acesso VIP, fastpass, lugar reservado, mas ficar na fila vai te proporcionar uma troca com alguém novo. Não fique grudado só em quem você conhece, mas não deixe de se conectar com as pessoas que conhece, divida a agenda com a galera e acompanhe a cobertura do evento. Faça da sua jornada pessoal o melhor momento, pense em você por alguns dias. Posso te garantir que no final do dia você estará mentalmente cansado e feliz! Eu espero conseguir dividir com vocês por aqui minhas descobertas por lá.

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • South by Southwest

  • SXSW

  • SXSW2018

  • SXSWnoMM

Patrocínio