Meio&Mensagem
Publicidade

Embraer pousa em Austin para ganhar novos ares

Após parcerias com a Uber no ano passado, empresa brasileira será a patrocinadora da track Tech Industry and Enterprise, espaço de destaque dentro do SXSW

Luiz Gustavo Pacete
7 de março de 2019 - 11h00

O protótipo da Embraer com a Uber foi anunciado no SXSW do ano passado (Crédito: Reprodução)

A Embraer X esteve no SXSW, em 2018, ao lado da Uber, participando de um painel sobre as possibilidades dos eVTOLs, que estão sendo desenvolvidos em colaboração entre as duas empresas. Acrônimo para “eletrical vertical take-off and landing”, eVTOL significa, em livre tradução, “veículo elétrico de decolagem e pouso vertical”.

A subsidiária da empresa homônima, representada por Antonio Campello, CEO, e a Uber, anunciaram, à época, um projeto de aeronaves de pequeno porte com lançamento previsto para 2020. A ideia é que na primeira fase elas sejam pilotadas, mas posteriormente autônomas. No ano passado, a Embraer X também realizou atividades paralelas no SXSW convidando os participantes a contribuírem para o protótipo de aeronaves.

“O desafio técnico é enorme, porém, tudo que uma aeronave precisa em termos de tecnologia já foi inventado”, disse Campello. Na ocasião, o executivo destacou que há um mercado potencial que deverá ser ocupado pelo projeto, embora as duas empresas tenham muitos concorrentes neste segmento, são mais de 52 companhias desenvolvendo projetos semelhantes.

VTOL da Bell, também em parceria com a Uber, apresentado durante a CES 2019, em janeiro (Crédito: Reprodução)

A sinalização da Embraer, no ano passado, de que seu objetivo é reforçar o conceito de marca com a inovação, ganha ainda mais força nesta edição, já que a empresa será patrocinadora de uma track inteira chamada de Tech Industry & Enterprise. Ação inédita para uma marca brasileira.

Também neste ano,  a Embraer X terá uma sala denominada “Prototype Room” para que o público possa conhecer e interagir com projetos e ideias. “É preciso construir um ecossistema colaborativo para reinventar a mobilidade urbana. Para isso é importante despertar a imaginação das pessoas sobre o novo mundo que se aproxima”, diz Campello.

O Prototype Room concentrará uma série de experiências interativas para as pessoas conhecerem, entenderem e imaginarem conceitos dos “carros voadores” e da mobilidade aérea urbana.  Na opinião de Paula Macedo, líder do time de experiência do usuário da Embraer X, é preciso abordar a inovação dentro de um contexto social, de modo que a experiência humana seja primordial. “As pessoas devem ser o centro do pensamento”, afirma. “Só faz sentido trazer tecnologias revolucionárias se elas realmente trouxerem impactos positivos na vida de muita gente”, afirma.

Allan Macintyre, Head of Global Marketing and Branding da Embraer

M&M – Por que o SXSW é importante para a Embraer e qual o significado de a empresa ter patrocinado, neste ano, uma track inteira?
Allan –
A Embraer, desde sua fundação, em 1969, trabalha com espírito de Open Innovation em colaboração coletiva e horizontal muito antes deste termo ser criado. É nessa junção e neste espírito que entendemos que o SXSW soma exatamente com o DNA da empresa. Estamos nos EUA há 40 anos com escritórios e plantas, sempre voltados ao mercado de aviação. Com o EmbraerX presente no Vale do Silício e Boston com a missão voltada para a inovação disruptiva, entendemos que era hora de conversar com outros públicos e fortalecer nosso ecossistema de inovação. E não vemos outro evento tão plural, colaborativo e relevante neste sentido quanto o SXSW.

M&M – Quais foram os resultados colhidos da participação do ano passado, quão importante foram aquelas ativações para a empresa?
Allan – Nossa participação ano passado foi bem mais pontual mas muito relevante para o nosso entendimento em como estar por aqui de maneira relevante. Nossas ações nas ruas, desenhando o futuro do eVTOL com os futuros consumidores/passageiros é exatamente o centro do que o EmbraerX é como unidade e o espírito da marca centrado e focado nas pessoas. Vimos que pensar diferente, mesmo em Austin, fazia ainda mais sentido. O painel que participamos em 2018 nos trouxe bons resultados e bons novos contatos. As repercussões após nossa participação renderem frutos ao longo do ano. Com isso tivemos a validação de que poderíamos ter uma cooperação ainda maior com a organização.

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • Carros Autonômos

  • Embraer

  • Mobilidade

  • Uber

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”

Patrocínio

Mobile Partner