Meio&Mensagem
Publicidade

Sete tendências “não óbvias” para 2019

Fundador do projeto Non-Obvious-Company, Rohit Bhargava pontuou algumas de suas apostas que podem mudar os negócios e a sociedade

Luiz Gustavo Pacete
9 de março de 2019 - 18h19

Rohit Bhargava (Crédito: Reprodução)

Performático, o empreendedor Rohit Bhargava tenta encontrar formas diferenciadas de apresentar tendências. Sua empresa, a Non-Obvious-Company se propõe, por meio de seus papers, a encontrar potencialidades que podem alterar negócios e carreiras.

Nesta sexta-feira, 8, ele apresentou algumas das sete tendências não óbvias que aparecem em seu relatório. Em comum, elas passam a contar com cada vez mas tecnologia e sinais claros de esgotamento tecnológico como o retorno à era analógica.

Analogic is back
O excesso de tecnologia e conexão trouxe um sentimento de estafa. Desconexão é uma tendência que aparece com cada vez mais frequência em relatórios e ganha ainda mais força neste ano. Neste contexto, a busca pelas experiências físicas começam a aumentar.

Muddled masculinity
Estereotipada pela publicidade e reforçada por desafios estruturais da sociedade, a masculinidade passa a ser mais um vez questionada. A definição de masculinidade torna-se algo ainda mais complexo e desafiador.

Retro Trust
As pessoas passam a buscar cada vez mais relações com marcas e empresas que tenham legados e histórias. Isso passa a ocorrer por que as novas e badaladas empresas deixaram um vácuo de desconfiança relacionado a manipulação de dados e segurança. Propósito passa a fazer cada vez mais sentido.

Back-Storytelling
Na era da transparência, o storytelling das marcas e empresas, muito relacionados à publicidade, passaram a ser vistos como algo não necessariamente positivo. As narrativas, no entanto, voltam a ter força, desde que estejam baseadas em verdade e consistência de suas respectivas empresas.

Enterprise empathy
A empatia passa a ser o condutor da inovação e do empreendedorismo. E um ponto de diferenciação em meio à concorrência, tanto de produtos quanto de serviços e experiências.

Artificial Influence
Criadores de conteúdo, organizações e governos passam a usar os influenciadores virtuais para construção de marca e reputação, interação e vendas.

A era dos robôs
Mais inteligentes, precisos e empáticos, os robôs ganham um novo sentido e propósito na vida das pessoas. Desde os humanoides, passando pelos sistemas de inteligência artificial eles passam a fazer cada vez mais parte da vida das pessoas.

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • comunicação

  • inteligência artificial

  • tecnologia

  • Tendências

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”

Patrocínio

Mobile Partner