Meio&Mensagem
Publicidade

Conhecer o futuro emprego ainda no jardim de infância

A necessidade de preparar toda uma geração


14 de março de 2019 - 17h59

(Crédito: Lukas/Pexels)

É angustiante pensar que os empregos que conhecemos hoje, inclusive os nossos, têm altíssimas chances de deixarem de existir em poucos anos. O tema é recorrente aqui em Austin, várias teorias, hipóteses, futurologias e afins. A preocupação nos rostos das audiências é nítida.

Um dos painéis mais interessantes que assisti foi o de profissionais de educação, que em oposição aos outros que aqui falaram sobre o tema, não têm muito tempo para teorizar. É uma questão que já faz parte do dia a dia deles e, que precisam ser discutidas hoje.

O presidente da Howard University, Wayne Frederick, sugere que parte da solução é a exposição das novas tecnologias o mais cedo possível. “As pessoas deveriam ser apresentadas aos códigos de programação e novas tecnologias ainda no jardim de infância”, diz.

A teoria é simples e lembra o mais tradicional funil de conversão, como por exemplo:

– Você ouve falar de algo o mais cedo possível na vida = awareness.
– Pode ou não se interessar, ter curiosidade = interest.
– Começa a pesquisar ainda mais sobre o assunto e saber mais = desire.
– Quando mais velho, decide o que quer fazer da vida = action.

E é isso que já fazem por aqui. No mesmo painel estava Lyn Stanfield, líder da área de relações externas de inclusão e diversidade da Apple. A empresa já tem parceria com diversas escolas norte americanas. Por meio de palestras, cursos e workshops, apresenta linguagens de programação e tecnologias emergentes aos estudantes. É uma forma de garantir a mão de obra especializada no futuro. E, o mais importante, prepara a nova geração para empregos que ainda não existem.

Publicidade

Compartilhe

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”

Patrocínio

Mobile Partner