Publicidade

Sete coisas que mudam quando começa o Music no Festival

É como se fossem dois festivais diferentes


19 de março de 2019 - 16h34

1) O seu badge já não vale grande coisa na noite: muitas atrações musicais não precisam de credencial para entrar.

2) Furadas a vista: o número de palestras interessantes cai vertiginosamente.

3) Bebida de graça só ano que vem: muitos lugares voltam a cobrar por drinks e cerveja.

4) A sua modernidade é humilhada: as pessoas (ainda mais) estranhas que você aparecem.

5) Os espaços mudam: as casas do Snapchat, Twitter, entre outras, somem da noite pro dia.

6) Musica até no banheiro: tem sempre alguém tocando alguma coisa em algum lugar.

7) Restaurantes vazios: os que antes tinham filas enormes, agora têm lugar de sobra.

Publicidade

Compartilhe

Patrocínio