Meio&Mensagem
Publicidade

O instigante desafio de pensar o futuro

O festival não é sobre comunicação ou mídia, mas ele traz importantes reflexões que nos ajudam a pensar no futuro do segmento


29 de março de 2022 - 18h28

Crédito: reprodução

Os pensamentos e inspirações gerados pelo SXSW seguem comigo boa parte do meu dia. O festival não é sobre comunicação ou mídia, mas ele traz importantes reflexões que nos ajudam a pensar no futuro do segmento e em ações que promovam novas experiências nos mundos real e virtual, que estão cada vez mais fundidos.

NFT, metaverso e blockchain foram os temas desta edição e é a pauta do momento. É importante compreender todos esses conceitos, pois muitos movimentos já estão acontecendo para que todas essas inovações ocorram de fato.  Ainda é muito futurista pensar em aquisições por NFT e aplicabilidade de seus produtos no metaverso, mas  é uma realidade.

O blockchain é uma ótima solução à privacidade e ele permitirá que cada um de nós seja dono do próprio dado, decidindo o que fazer com ele, onde compartilhar e quanto queremos receber por isso. E o NFT? É impressionante o quanto esse mercado movimenta. Em 2021, o volume de vendas totalizou US$ 24 bilhões. Não quero passar uma visão conservadora, mas para que os NFTs não se tornem mais uma bolha, novos modelos de negócios serão necessários. Tem muita coisa para acontecer para que possam ser aplicados de forma ampla em todas as camadas do mundo de negócios.

Comportamentos mudam, novos hábitos são criados e quando percebemos já estamos inseridos em um outro contexto. A pandemia nos deixou mais conectados e digitalizados, isso é fato. Neste cenário, mais do que nunca os dados ganharam forma e muita importância no mundo físico e digital e que ainda estão sendo percebidos em realidades distintas. Eles ainda continuam no centro de discussão e essa evolução dependerá de muitos recursos e investimentos em infraestrutura tecnológica e de mão de obra especializada, como engenheiros e técnicos de programação,  fator fundamental para sua expansão. Mas vai acontecer, é um caminho sem volta.

Temos grandes desafios como profissionais, empresas, sociedade e poder público, inclusive quando pensamos no futuro do planeta. E pensar em mobilidade, novas iniciativas de contribuição social e na forma como nos relacionamos com as pessoas, trabalho, lazer e mídias também faz parte desse processo de mudanças ao qual estamos inseridos.

Novos modelos de compra e consumo de mídia, no mundo real e virtual, já estão trazendo mudanças importantes na publicidade. Vejo o out of home muito integrado neste novo contexto, prova disso é a presença de grandes marcas digitais que estão conosco o tempo todo. Seja no on ou no off, a experiência de estar fora de casa se conectando com marcas, conteúdos e novas experiências tendem a aumentar cada vez mais e essa relação estará cada vez mais vinculada. O próprio SXSW deixou claro essa questão, as pessoas querem estar nas ruas, em contato com outras pessoas, todos estão ávidos por encontros físicos e o diálogo presencial nunca foi tão importante.

Pensar o futuro é um exercício necessário! Não podemos abraçar todas as tendências e tecnologias, mas podemos explorar mais e melhor os propósitos e ambições que temos como empresa para trazer mais benefício para a audiência, marcas e sociedade em geral! O futuro já está acontecendo agora. Não perca tempo!

Publicidade

Compartilhe

Patrocínio